Especiais

Loading...

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

CARTA SOBRE A PUBLICIDADE INFANTIL



Por: Luca Fontana , 13 anos

Fiquei desapontado ao ler uma notícia em um grande jornal de São Paulo, de que um dos maiores defensores da publicidade infantil é um escritor e criador dos grandes e famosos personagens brasileiros de revistas infantis. Segue o link abaixo:



Ele se utiliza de seus personagens para lucrar e vender produtos para crianças que não sabem que estão sendo manipuladas a comprar compulsivamente produtos que são produzidos baratos e vendidos caros, só porque tem a figura dos personagens que a criança gosta.


                


                   Ensinando as crianças a comer porcaria!!!!

Sem contar que a criança descarta o brinquedo uma ou duas semanas após o uso e já querem comprar outro. Trazendo assim como consequência poluição e formando um hábito consumista na criança. Quando adulta, ela continua consumindo, muitas vezes adquirindo dívidas impagáveis assim tornando-se um adulto infeliz.

Ele diz que a economia teria um prejuízo de 33 bilhões e desempregaria 720 mil pessoas se a publicidade infantil fosse proibida, mas na minha opinião estas pessoas poderiam trabalhar ou criar laboratórios de pesquisas ou empresas usando este dinheiro para fins tecnológicos e medicinais, que beneficiassem o planeta.

Em países com uma consciência mais desenvolvida como o Canadá a publicidade infantil é proibida e no intervalo dos desenhos passam propagandas estimulando as crianças a saírem de casa para brincar e fazer esporte.

A criança de hoje é o adulto de amanhã.

Vale a pena assistir o documentário sobre o assunto no link:


5 comentários:

  1. PArabens, Luca! 13 anos x 10 de sabedoria! Grande prazer em ler algo assim escrito por alguem de sua idade!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom ver clareza assim de um adulto de 13 anos! Parabéns Luca.

    ResponderExcluir
  3. O tema abordado é muito interessante, porque nos remete a uma reflexão de o porque apoiar o fim da publicidade infantil no Brasil? Na minha humilde opinião as imagens de personagens famosos poderia usada para estimular a educação alimentar de nossas crianças.
    Vendo os produtos que se utilizam dessas imagens e analisando a fundo são coisas que podem causar dependência e deteriorar a saúde, porém podemos ver que que esses produtos não só manipulam as crianças, os pais também são manipulados mesmo tendo uma noção básica do mal que esses produtos fazem.
    Muitos pais procuram atender as vontades de seus filhos para compensar a ausência do dia a dia de trabalho para serem vistos como pessoas legais, podemos considerar um erro gravíssimo porque os pais tem a função de zelar pelo bem estar na saúde dos filhos.
    Muitos profissionais da saúde advertem que maus hábitos alimentares podem causar obesidade que é transtorno alimentar, e uma série de outras doenças, tem um ditado que diz o seguinte: o pior cego é aquele que não quer ver, poderia se encaixar também o pior surdo é aquele que se nega a escutara maioria das pessoas que não se mobilizam para o fim da publicidade infantil no Brasil, fica para os pais, eduquem seus filhos da maneira correta, sabendo dizer NÃO na hora certa.

    ResponderExcluir
  4. ainda bem que temos as crianças que podem ajudar a melhorar este mundo... ajuda Lucas ...
    parabens

    ResponderExcluir